Networking – 7 dicas para perder a vergonha e dar início à conversa

7 dicas para perder a vergonha e dar início à conversa

 

Se está sozinho numa festa, pense que talvez não seja o único. Lembre-se: ter a iniciativa pode abrir-lhe a porta para novas oportunidades de negócio. Se está num evento de networking ou num cocktail, tenha alguns temas em manga que nunca falham: o tempo ou o ambiente envolvente, a comida e bebida ou um elogio com classe.

A Maquijig dá-lhe 7 preciosas dicas para abraçar sem receios a arte do Networking:

1) Dirija-se à mesa da comida

Enquanto espera na fila para se servir, arranje um tema de conversa com a pessoa que está à sua frente ou atrás de si. É uma boa oportunidade para começar uma conversa sobre um assunto em comum: a comida. Até porque é provável que todos estejam pensando coisas parecidas: “o que vou experimentar?”, “será que aquilo é bom?”. Então porque não fazer essas perguntas em voz alta para a pessoa à sua frente: “Tudo parece tão bom, já sabe o que vai escolher?”, “Eu nunca provei isto, será que é bom?” são algumas perguntas que a Maquijig sugere para ficar satisfeito com a escolha da comida e do novo contacto.

2) Encontre um(a) solitário(a)

Se vir alguém sozinho pelos cantos com um café na mão, não tenha medo de ir até lá e de se apresentar. Geralmente essas pessoas precisam de um empurrãozinho na hora de socializar. Algumas dicas para quebrar o gelo: “Este evento está a correr muito bem, é a primeira vez que vem?”. Se a pessoa está sozinha, pode estar a sentir-se insegura ou desconfortável. Talvez se começar a conversa, é um passo para deixá-la mais à vontade.

3) Teça alguns elogios

Quem é que não gosta de ouvir um elogio? Ao tecer um elogio, estará a fazer com que a outra pessoa se sinta mais descontraída e você também. Um exemplo para as senhoras poderá ser: “Peço desculpa o reparo, mas os seus sapatos são lindos”; no caso de um homem: “Parece ser um homem de boas escolhas, o que está a beber?”. Se está com dificuldades para conversar com alguém, encontre algo para elogiar. Não falha!

4) Fale sobre um tema da atualidade com o qual se sinta à vontade

Pode ser sobre desporto, cinema, a educação, a taxa de desemprego ou o empreendedorismo em Portugal e ainda a emigração de bons profissionais para o estrangeiro. Se se sentir mais à vontade, poderá conciliar o tema da conversa com o evento em que se encontra.

5) Cumprimente quem está à sua volta com um sorriso

Às vezes, a forma mais eficiente de conhecer alguém é oferecer um aperto de mão e apresentar-se com um sorriso e com confiança que pode estar a conhecer pessoas com as quais vai poder fazer bons negócios.

6) Comece a conversa mas esteja atento aos interesses da outra pessoa

Depois de dar início à conversa, não é fácil dar continuidade com a mesma efusão da primeira abordagem. Para isso, o ideal é tentar encontrar pontos em comum com o interlocutor. “É a primeira vez que vem a um evento destes?”, “Como teve conhecimento deste evento?”, “Não conhecia este lugar, é muito interessante, já esteve aqui antes?”. E as perguntas sobre trabalho devem aparecer descontraidamente: “Qual a área em que trabalha?”, “O que é mais interessante na sua área de atuação?”, e se for um evento de Networking fica sempre bem perguntar “Como posso juda-lo a conseguir mais negócios?”.

7) Não insista 

Saiba identificar também quando o assunto está a morrer e lembre-se que deve circular para tentar conhecer o maior número possível de pessoas diferentes. Para sair de uma conversa, pode dizer que vai pedir mais uma bebida ou comer algo mais, pode ainda chamar outra pessoa para apresentar ao seu interlocutor e, claro, pedir o cartão da pessoa e entregar o seu, deixando claro que gostaria de manter o contato no futuro.

 
 

Partilhar artigo