Crowdfunding: Uma ideia original e transversal a todos os mercados

crowdfundingSe acha que conceitos como o networking, o coworking ou até mesmo incubadoras de start ups não podem fazer muito pelo seu negócio, porque o seu projeto é alternativo, simples, arriscado ou complicado demais e que muito dificilmente iria conseguir reunir um número de parceiros favorável ao crescimento do mesmo…então descubra ou saiba mais sobre o Crowdfunding (financiamento colaborativo) e como tudo está interligado neste artigo que a Maquijig elaborou para si.

Desde o mais tradicional e revivalista ao contemporâneo e futurista, o Crowdfunding dá voz aos projetos, ajudando-os a sair do papel. É ainda uma excelente ferramenta de marketing, mais precisamente de prospeção de mercado, ajudando os empreendedores a saber se o projeto tem ou não realmente pernas para andar e qual a aceitação por parte do público. Desde o mercado da música, ao das belas artes, passando por projetos cinematográficos ou teatrais, de defesa dos animais, ao lançamento de um livro, de um serviço ou de uma aplicação, o Crowdfunding é uma solução inteligente de financiamento colaborativo.

O que tem a Maquijig a ver com o Crowdfunding?

Quer pretenda iniciar uma empresa – start up -, lançar um determinado projeto ou angariar uma rede colaborativa que se identifique com a sua ideia – networking -, saiba que aliar um local onde pode encontrar estes apoios como no Centro de Empresas Maquijig (CEM) com a angariação de fundos colaborativos via Crowdfunding é uma estratégia que lhe pode conceder o sucesso que procura.

Mas afinal, o que é o Crowdfunding?

É uma forma simples e totalmente transparente de angariação de fundos para um determinado projecto através de uma comunidade online que partilha os mesmos interesses, que se identifica tal como acontece no networking. Existem várias plataformas de Crowdfunding em Portugal e no resto do Mundo que permitem reunir esta rede de promotores e os seus apoiantes.

Quais as suas reais vantagens?

Através desta plataforma, os empreendedores têm acesso a capitais de investimento, à criação de produtos e serviços inovadores, e a contribuírem para o desenvolvimento da sociedade e crescimento económico com a criação de novos postos de trabalho.
Sendo um mecanismo de investimento de confiança e a longo prazo, o Crowdfunding ajuda estabilizar o sistema financeiro, assim como as comunidades locais e globais a modelarem e serem parte ativa no desenvolvimento da economia.

Existe alguma rede de Crowdfunding a nível Europeu com provas dadas?

Sim. O Crowdfunding é um conceito que tem mexido o Mundo, trazendo à luz do sucesso muitos projetos guardados em gavetas e tudo graças às comunidades que investem nas ideias por se identificarem e também devido às várias plataformas que têm surgido que potenciam a disseminação deste conceito, como as nacionais PPL e a Massivemov.

Usufruindo de uma alta visibilidade, o European Crowdfunding Network (ECN) promove e apoia o desenvolvimento de mecanismos de Crowdfunding como uma fonte viável para empreendedores Europeus, projetos e investidores. Este é como um ecosistema pan-Europeu que tem representações em Portugal, Espanha, Itália, Grã Bretanha, Áustria, França, Bélgica, Alemanha, Polónia, Suécia e na Holanda. Veja um exemplo de uma recente convenção de Crowdfunding que teve lugar em Viena, Áustria, no dia 15 de Maio: http://www.europecrowdfunding.org/on-air.

O que ganha a comunidade ao investir num projeto através de Crowdfunding?

Em qualquer campanha de Crowdfunding, as pessoas que dão dinheiro recebem algo em troca. No caso do lançamento de um CD (exemplo dos Primitive Reason abaixo), consoante o montante oferecido à banda, era possível receber um disco digital em MP3 (se tivessem doado 10€), CD (15€), CD autografado mais t-shirt (25€), Vinyl mais poster (50€), acesso ao backstage de um concerto e jantar com a banda (150€), agradecimento no CD mais convite VIP à listening party mais um dia com a banda mais anuidade na comunidade online (350€), sendo que todas as recompensas são acumuláveis com as anteriores. A comunidade escolhe.

O Networking faz parte integrante deste conceito e toma maior consciência quando quem acredita na ideia, no projeto, o partilha. Porque uma ideia em processo de Crowdfunding, por melhor que seja e mais apetecíveis que sejam as recompensas, não vai ter sucesso se não for divulgada. A criação deve chegar aos canais mais relevantes para a mesma. O “financiamento da multidão” está dependente da multidão. É por isso que é importante vendar a ideia a todos e é aqui que o networking cresce. Tal não significa que todos invistam nela, mas que a partilhem pelos seus contactos que podem querer participar investindo.

 
 

Partilhar artigo