Networking – 6 dicas sobre como tirar o máximo partido do networking empresarial

Virtual Power Button Há uma velha máxima que diz “não é o que sabemos, mas quem conhecemos”. Poucos provérbios existem que consigam ser mais apropriados para explicar o atual e tão competitivo mercado empresarial. E o networking é uma das chaves para chegar a quem nos interessa de forma mais direta, reunindo maior conhecimento – nomeadamente em áreas que não somos especialistas – e experiências, que mesmo na terceira pessoa nos ajudam a definir vantajosas técnicas de modelação e atingir os nossos objetivos de forma mais eficiente. Desta forma, os empresários têm maior facilidade em recolher boas influências, gerando referencias de negocio positivas para alavancar o seu projeto empresarial.

Com estas 6 dicas, a Maquijig coloca nas suas mãos o poder de tirar o máximo partido do seu networking empresarial. Aqui ficam algumas ideias por onde começar:

1) Tenha sempre um plano de ação à mão

Num novo evento procure novos contactos, assim não cairá na tentação de se juntar aos já conhecidos e relembrar os bons velhos tempos. Para isso combine um almoço de vez em quando, que também é bastante positivo e deve estar nos seus planos. É fundamental comprometer-se a construir novos relacionamentos a cada evento que compareça, isto fará com que saia da sua zona de conforto. Só assim a sua rede de contactos crescerá. Mas não atire em todas as direções, seja realista: três a cinco pessoas é uma boa estatística.

2) Vista-se de acordo com a ocasião e cause boa impressão

50 por cento da impressão que os outros têm de nós é baseada na forma como nos apresentamos em relação ao que vestimos. Se vai a um evento de negócios, vista-se a condizer, tal e qual como quando vai a um evento informal. Já diz o ditado que “não há uma segunda oportunidade para causar uma boa primeira impressão”.

3) Seja profissional e aja com naturalidade

Cumprimente as pessoas de forma natural, não se sinta como se estivesse a impingir o seu produto ou serviço. Aja com naturalidade e confiança e mostre que todos têm a ganhar com todos, afinal de contas vivemos numa sociedade. Comunique com clareza, verbal e gestualmente: dizer o seu nome e o da sua empresa de forma clara e em bom tom é essencial, mostrando que tem orgulho no seu negocio; cumprimente com um aperto de mãos firme e um sorriso simpático, olhos nos olhos. Muito importante: Quando se despedir, diga sempre o nome da pessoa e o quão interessante foi o convívio, acrescentando “espero vê-lo(a) em breve” ou “até uma próxima oportunidade”.

4) Não se iniba, mantenha-se curioso e seja pró ativo

Não espere que os contactos se lembrem do que faz e onde trabalha ou qual o seu negocio. Peça os seus cartões de visita e mantenha contacto.

5) Mantenha o contacto

O maior erro que as pessoas fazem em eventos de networking é não ficar com os contactos que fazem. Descubra, invente razões para ligar, seja criativo, as pessoas vão gostar de saber que se lembrou delas. Por exemplo: Lembre-se do que falaram e dos gostos dessas pessoas e envie um link sobre um evento, produto ou serviço com o qual se iriam identificar, nomeadamente se costumar enviar newsletter, envie personalizadamente e pergunte se o(a) pode adicionar à sua base de dados. É uma excelente forma de manter o networking ativo sem ter de ligar à pessoa e sentir que está a ser um pouco evasivo no contacto. Posteriormente o contacto telefónico surgirá de forma mais natural quando tiverem algo mais para partilhar ou discutir num almoço de negócios.

6) Mostre-se, é importante construir uma visibilidade positiva

Tenha um papel ativo na sua comunidade e no seu mercado empresarial para usufruir de uma alta notoriedade. As empresas, tal como as pessoas, gostam de se relacionar com parceiros de sucesso, que se mexam bem no mercado onde atuam, que respeitem as regras, que tenham uma politica de responsabilidade social e que sejam bons locais para trabalhar. Todas estas características chamam o sucesso, mais dia menos dia, é uma questão de tempo. Assim, associe-se a grupos de networking da sua zona para fazer crescer a indústria regional, ou se for o caso, a associações desportivas com ações de patrocínio ou mecenato. Há um Mundo de possibilidades e de facilidades para as encontrar, pesquise na Internet e forme um networking que o ajude a ter a visibilidade que deseja, porque se um membro cresce a tendência é os restantes crescerem também, uma vez que todos partilham dos conhecimentos e experiências uns dos outros.

 
 

Partilhar artigo